quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Mitos Brasileiros: Verdade ou Mentira? - Lampião, rei do cangaço.

Dentro da programação do Projeto "Mitos Brasileiros: Verdade ou Mentira?", a turma que estuda o "mito" Lampião, assistiu ao filme brasileiro Lampião, rei do cangaço. Abaixo algumas considerações sobre o longa na visão dos alunos.

Lampião, o rei do cangaço

O que podemos perceber no filme, Lampião, o rei do cangaço, é que algumas informações contidas nele não foram vistas durante nossos estudos. A parte em que Lampião ajuda um cangaceiro e, em outro momento, o mesmo cangaceiro lhe dá em troca o seu chapéu; que ele furou um olho em espinhos de cordeiro depois de ser atingido por uma bala em um de seus encontros com a polícia, e que durante algum tempo levou uma vida normal no Estado da Bahia até os policiais decidirem prendê-lo.
Mas, como já sabiamos, existem várias versões para a vida de Lampião. Isso só acrescenta mais informações aos nossos estudos e nos leva a entender melhor porque ele é um mito.

Turma da professora Teresa (2º ao 5º ano) -matutino e vespertino


terça-feira, 24 de agosto de 2010

Opinião

Nosso último sarau foi muito diferente, vieram dois cordelistas: Abaeté e Juarez. Abaeté recitou muitos cordéis que falavam sobre Lampião e Maria Bonita. Depois, Juarez contou piadas, cantou, fez trava-línguas e adivinhas.
Para mim as apresentações foram muito legais, porque dessa vez foi um sarau que prepararam para nós e não nós que preparamos uns para os outros como de costume.

Geovana Tavares, 10 anos.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Cultura Popular

A Casa Crescer recebeu na última sexta-feira dois representantes da nossa cultura popular: Erivelto Leite de Lima (ABAETÉ), poeta, cordelista, escritor, compositor, é natural de Sertânia/PE, mas se considera PERNAMPO (Pernambucano-Potiguar) e Juarez Araujo , poeta, cordelista, escritor e declamador. Ambos foram convidados pela Casa para presentear as crianças, ainda em comemoração ao dia do estudante, com seu rico repertório de causos, cordéis e poemas. Alguns alunos também contribuíram com a apresentação recitando poemas e canções trabalhados em sala.



Abaeté e Juarez
video

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Iniciação a Musicalidade

Mais uma atividade complementar está sendo desenvolvida junto aos alunos na Casa Crescer, trata-se da inicialização a musicalização através da flauta doce. Ministradas pela professora Linêssa Passos, formada pela UFRN e discipula de Carlos Zens, as aulas acontecem uma vez por semana e trabalham tanto a teoria como a prática. "A flauta doce é o melhor caminho para a inicialização a musicalização por se tratar de um instrumento melódico e de fácil assimilação", diz Linêssa.
Para o encerramento do ano létivo, a turma planeja um recital englobando vários generos que poderão ir do clássico ao regional.

Linêssa e os alunos em aula

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Celebrando os 50 anos de Loyse

Celebramos, hoje, os cinquenta anos de Loyse. É muito significativo para nós ter uma pessoa como ela em nosso meio, nos ajudando a construir em parceria um futuro melhor para o nosso bairro. A presenteamos com um trem, veículo que a muito tempo leva em segurança todos aqueles que precisam chegar a um destino, e embora tenha muitas paradas em lugares diversos acolhe à todos sem distinção. Mais Loyse do que isso? Impossível!


Parceria: Informática e Pintura

As aulas de informática e pintura formaram uma parceria para que os alunos pudessem criar, através do computador, imagens de forma básica no PAINT. Outra ferramenta utilizada foi o Laboratório de Cores, onde os alunos puderam observar como se dá a mistura das cores e suas variáveis, além de construir uma cena com figuras do programa.

Misturador de Cores

Criando uma cena